O fazer da saúde mental na atenção primária à saúde em São Paulo: relato de experiência na formação em Psicologia

Making mental health in primary health care in São Paulo: experience report in training in Psychology

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52832/jesh.v2i2.106

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde, Saúde Mental, Formação em Psicologia, Psicologia da Saúde

Resumo

O presente artigo descreve uma experiência de Estágio Supervisionado Específico em Psicologia e Saúde, realizada em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), na cidade de São Paulo. O objetivo do trabalho desenvolvido foi compreender o funcionamento do equipamento de saúde da atenção primária de forma prática, por meio de participações nas vivências possibilitadas pela UBS, focando o nosso olhar no cuidado à saúde mental; sendo, logo, o objetivo de relatar esta experiência, compreendendo quais as suas contribuições para a formação em Psicologia. Tendo por método o Relato de Experiência (RE), durante as semanas de intervenções, as estagiárias buscaram participar de reuniões do polo de saúde mental; reuniões de miniequipes da Estratégia Saúde da Família (ESF); ações realizadas pela instituição em uma Residência Terapêutica (RT); e visitas domiciliares diversas. Como resultado, foi possível verificar os trabalhos realizados pelos profissionais e suas devidas importâncias no contexto de atenção primária à saúde, com enfoque na saúde mental. Foi observado também, como conclusão, a importância de constantes estudos e práticas pedagógicas a respeito do tema abordado, para que assim seja possível proporcionar reflexões e atuações cada vez mais qualificadas e atualizadas, formando melhores profissionais (em Psicologia), e levando em consideração as necessidades de saúde dos usuários e as suas redes de apoio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Bianca dos Santos Barrete, Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Psicóloga, graduada pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL).

Gleice de Sousa Lima, Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Psicóloga, graduada pela Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL).

Renan Vieira de Santana Rocha, Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Psicólogo Sanitarista (UFBA). Mestre e Doutorando em Saúde Coletiva (UFBA). Especialista em Saúde Coletiva (UFBA), em Gestão em Saúde (UNEB), em Estudos Étnicos e Raciais (IFBA) e em Psicologia em Saúde (CFP). Docente e Supervisor de Estágios em Psicologia junto à Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL).

Referências

Archanjo, A. M., & Schraiber, L. B. (2012). A Atuação dos Psicólogos em Unidades Básicas de Saúde na Cidade de São Paulo. Saúde e Sociedade, 21(2), 351-363. https://doi.org/10.1590/S0104-12902012000200009

Ayres, J. R. de C. M.; Calazans, G. J.; Saletti F., Heraldo C.; Franca J., I. (2012). Risco, vulnerabilidade e práticas de prevenção e promoção de saúde. In: Gastão W. de S.; Minayo, M. C. de S.; Akerman, M.; Drumond J., M.; Carvalho, Y. M. de. Tratado de saúde coletiva. São Paulo: Editora Hucitec.

Bahia, Secretaria da saúde. (2010). Redes de Atenção à Saúde. http://www.saude.ba.gov.br/atencao-a-saude/comofuncionaosus/redes-de-atencao-a-saude/Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal.

Brasil. (1990). ABC do SUS – Doutrinas e Princípios. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2004). Residências Terapêuticas: o que são, para que servem. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2010). Portaria Nº. 4.279, de 30 de dezembro de 2010. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2012). Estratégia Saúde da Família. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2017) Centro de Atenção Psicossocial: CAPS. Brasília: Ministério da Saúde.

Brasil. (2017). Portaria Nº. 2.436, de 21 de Setembro de 2017. Brasília: Ministério da Saúde.

Conselho Federal de Psicologia. (2010). Práticas profissionais de psicólogos e psicólogas na atenção básica à saúde. 1. ed. Brasília: CFP.

Conselho Federal de Psicologia. (2018). Repensando a formação da (o) psicóloga (o): diretrizes curriculares nacionais para os cursos de graduação em Psicologia. 1. ed. Brasília: CFP.

Conselho Regional de Psicologia de São Paulo. (2011). Fique de olho. In: Estágio em Psicologia: Parecer sobre estágio supervisionado in loco. São Paulo: CRP-SP.

Correia, V. R., Barros, S. & Colvero, L. A. (2011). Saúde Mental na Atenção Básica: Prática da Equipe de Saúde da Família. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 45(6), 1501-1506. https://doi.org/10.1590/S0080-62342011000600032

Daltro, M. R. & Faria, A. A. de. (2019). Relato de experiência: uma narrativa científica na pós-modernidade. Estudos e Pesquisas em Psicologia. Rio de Janeiro, 19(1), 223-237.

Frateschi, M. S. & Cardoso, C. L. (2014). Saúde Mental na Atenção Primária à Saúde: avaliação sob a ótica dos usuários. Physis: Revista de Saúde Coletiva, 24(2), 545-565. https://doi.org/10.1590/S0103-73312014000200012.

Garcia, M. I. H., Oliveira, A. M. N de, Sedrez, J. P. & Silva, P. A. da. (2014). Realidade dos profissionais da estratégia de saúde da família em relação à detecção dos transtornos mentais comuns. VITTALLE – Revista de Ciências da Saúde. 26(1), 37-44. http://periodicos.furg.br/vittalle/article/view/6058.

Gomes, C. A. P.; Campos, R. T. O.; Ferrer, A. L. (2014). Saúde mental e vulnerabilidade social: a direção do tratamento. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, 17(1): 69-84.

Guareschi, N. M. De F., Bernardes, A. G., Oliven, T. & Weber, A. (2006). A Vulnerabilidade social e o programa Hospital-dia: uma discussão sobre as políticas públicas em Saúde Mental. Revista de Ciencias Humanas, 40, 299-316.

Fiocruz. (2013). Pense SUS: Atenção Básica. Rio de Janeiro: Fiocruz.

Lima, A. I. O., Severo, A. K., Andrade, N. L., Soares, G. P. & Silva, L. M. (2013). O Desafio da Construção do Cuidado Integral em Saúde Mental no Âmbito da Atenção Primária. Temas em Psicologia, 21(1), 71-82. https://dx.doi.org/10.9788/TP2013.1-05

Meldau, D. C. (2018). Conheça o SUS e seus princípios fundamentais. Rio de Janeiro: Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.

Morais, L. G. A., Araújo, R. M. S., Porto, R. M., Trajano, J. A. & Sousa, M. N. A. (2021). Saúde Mental: o papel da atenção primária à saúde. Brazilian Journal of Health Review, 4(3), 10475-10489. https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-071

Paim J. S., & Almeida-Filho N. D. (2014). Saúde Coletiva: Teoria e Prática. 1. ed. Rio de Janeiro: MedBook. 720 p.

Pereira, I. B., & Lima, J. C. F. (2008). Dicionário da Educação Profissional em Saúde. Rio de Janeiro: EPSJV. 478 p.

Pereira, E. L., Toniato, M., Lanzini, M., Brito, R. C. & Pereira, A. P. (2018). Práticas em Saúde Mental na Atenção Primária à Saúde. Pesquisa em Psicologia – Anais Eletrônicos, 147–154. https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/pp_ae/article/view/19011

Silva, A. (2021). Estratégia Saúde da Família: conheça a estrutura organizacional de cada equipe da Atenção Primária. Brasília: Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Silva Filho, J. A. & Bezerra, A. M. (2018). Acolhimento em Saúde Mental na Atenção Primária à Saúde: Revisão Integrativa. ID on line. Revista de Psicologia, 12(40), 613-627. https://doi.org/10.14295/idonline.v12i40.1138

Souza, N. O. (Coord.). (2019a). Coleção manuais práticos para concursos: ações, programas e as redes de atenção no SUS. Salvador: Sanar. 288 p.

Souza, N. O. (Coord.). (2019b). Coleção manuais práticos para concursos: saúde coletiva e o sistema de saúde. Salvador: Sanar. 288 p.

Starfield, B. (2002). Atenção Primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: Unesco Brasil, Ministério da Saúde.

Tonin, C. F., & Muniz Barbosa, T. (2018). A interface entre Saúde Mental e Vulnerabilidade Social. Tempus – Actas De Saúde Coletiva, 11(3), 50-68. https://doi.org/10.18569/tempus.v11i3.2281.

Wenceslau, L. D. & Ortega, F. (2015). Saúde mental na atenção primária e Saúde Mental Global: perspectivas internacionais e cenário brasileiro. Interface – Comunicação, Saúde, Educação. 19(55), 1121-1132. https://doi.org/10.1590/1807-57622014.1152

Zago, J. A. (1988). Sobre a saúde mental do trabalhador em saúde mental. Psicologia: Ciência e Profissão. 8(2), 25-28. https://doi.org/10.1590/S1414-98931988000200009

Downloads

Publicado

02-06-2022

Como Citar

Bianca dos Santos Barrete, Gleice de Sousa Lima, & Renan Vieira de Santana Rocha. (2022). O fazer da saúde mental na atenção primária à saúde em São Paulo: relato de experiência na formação em Psicologia: Making mental health in primary health care in São Paulo: experience report in training in Psychology. Journal of Education Science and Health, 2(2), 1–17. https://doi.org/10.52832/jesh.v2i2.106

Edição

Seção

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS E ESTUDO DE CASO